terça-feira, 11 de maio de 2010

Acordei e quis viver

Mais uma vez nadei nos teus braços recitando a mais bela das poesias que, apesar de serem tão belas, nunca vão dizer o bastante diante da tua presença. Mais uma vez te quis em minha vida para colorir os meus dias e completar o vazio que estava em meu coração. Mais uma vez fizeste de mim o que queres, pois sou tua hoje e, se meu coração e Deus permitirem, para sempre. Mais uma vez tu desperta em mim um sorriso até orelha perante tuas palavras puras e inocentes. Mais uma vez eu relembrarei das nossas histórias sem ter aquele olhar triste, oh, nostalgia essa que eu tanto amo. Mais uma vez poderei ouvir a tua canção, a nossa música, a nossa trilha sonora sem ter o porque de evitar o que me faz lembrar de ti. Mais uma vez cantarei, escreverei, recitarei com tamanha sinceridade, sem ter medo de medir palavras, porque minhas palavras para ti de nada são, apenas palavras, pequenas palavras. Mais uma vez encontrei o meu "alguém que te faz sorrir", me reconheci em teus braços. Mais uma vez meu coração bate ao te ver, como se eu me apaixonasse pela mesma pessoa todos os dias, em cada segundo, em cada detalhe que eu cuidadosamente não deixo escapar. Mais uma vez a tua face me contempla, teu olhar me admira e eu te admiro por me olhar assim. Mais uma vez me deste dias perfeitos, beijos carinhosos e atenção. Mais uma vez não me deixaste faltar nada. Mais uma vez eu acordei e quis viver, quis poder passar o dia todo ao seu lado, para a noite olhar para as estrelas e agradecer o quão belo foi meu dia e o quão bem tu me faz. Mais uma vez me entrego a ti, em carne, corpo e alma.

Um comentário:

  1. se depender de mim, eu te cuido, te mimo e te amo a vida inteira. (LL'

    ResponderExcluir

Obrigada pela presença. Seu comentário vai ser lido com muito carinho. Volte sempre!